WELCOME/SEJA BEM VINDO / Bienvenue

This is my blog. Here you will find a little of my history, will have the opportunity to watch my video clips and other artists that I appreciate. Also there are issues about racing and the game "Grand Prix 3" videos produced by me.

Este é o meu blog. Aqui você encontrará um pouco da minha história, terá a oportunidade de assistir aos meus videoclips e de outros artistas que aprecio. Tem também assuntos sobre automobilismo e o game Grand Prix 3 com vídeos produzidos por mim.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Peter Cetera - If You Leave Me Now (Live)

Simplesmente linda!



terça-feira, 23 de abril de 2013

Il peso della valigia - Luciano Ligabue


Simplesmente maravilhosa!!!
Um verdadeiro poeta!!



Hai fatto tutta quella strada,
per arrivare fin qui,
e ti è toccato partire bambina,
con una piccola valigia di cartone,
che hai cominciato
a riempire.
Due fogli di quella radura che non c'era già più,
rossetti finti ed un astuccio di gemme,
e la valigia ha cominciato a pesare,
e dovevi ancora partire.
E gli occhi han preso il colore del cielo,
a furia di guardarlo.. e con quegli occhi,
ciò che vedevi, nessuno può saperlo.
E sole e pioggia, e neve e tempesta..
sulla valigia e nella tua testa,

E gambe per andare e bocca per baciare.
Hai fatto tutta quella strada per arrivare fin qui,
e ad ogni sosta c'era sempre qualcuno,
e quasi sempre tu hai provato a parlare,
ma non sentiva nessuno.

E ti sei data, ti sei presa qualche cosa, chissà..
ma le parole che ti sono avanzate,
sono finite tutte nella valigia, e li ci sono restate.

E le tue gambe andavano sempre,
solo sempre più adagio, e le tue braccia,
reggevano a stento il peso della valigia.

E sole e pioggia, e neve e tempesta..
sulla valigia e nella tua testa.
E gambe per andare e bocca per baciare.
E sole e pioggia, e neve e tempesta,
sui tuoi capelli, su quello che hai visto..
braccia per tenere, e fianchi per ballare.

Hai fatto tutta quella strada per arrivare fin qui,
ma adesso forse ti puoi riposare.
Un bagno caldo e qualcosa di fresco da bere e da mangiare.
Ti apro io la valigia mentre tu resti li,
e piano piano ti faccio vedere,
c'erano solo quattro farfalle un pò più dure a morire..

(Tradução)


Você percorreu todo esse caminho,
para chegar até aqui,
e você tocou como uma criança,
com uma pequena mala de papelão,
que você começou a
preencher.
Duas folhas de clareira que já não estava lá,
batons falsos e uma caixa de gemas,
a mala começou a pesar,
e ainda teve que sair.
E os olhos se voltaram a cor do céu,
por força de assistir .. e com aqueles olhos,
o que você viu, ninguém pode saber.
E sol e chuva e neve e tempestade ..
na mala e em sua cabeça,

E as pernas para ir e boca para beijar.
Você percorreu todo esse caminho para chegar até aqui,
e havia sempre alguém em cada parada,
e quase sempre você tentou falar,
mas você não podia ouvir ninguém.

E agora, você tomou alguma coisa, quem sabe ..
mas as palavras que têm avançado,
está tudo acabado na mala, e elas permaneceram lá.

E suas pernas estavam sempre
só mais e mais lentamente, e seus braços,
mal segurando o peso da mala.

E sol e chuva e neve e tempestade ..
na mala e em sua cabeça.
E as pernas para ir e boca para beijar.
E sol e chuva e neve e tempestade,
em seu cabelo, sobre o que você viu ..
braços para segurar, e os quadris para dançar.

Você percorreu todo esse caminho para chegar até aqui,
mas talvez agora você possa descansar.
Um banho quente e algo gelado para beber e comer.
Vou abrir a mala, enquanto você se hospeda,
e, lentamente, eu lhe mostrarei,
Apenas quatro borboletas ainda não haviam morrido...

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Começou de novo!!!

Após a cisão das marcas Pagani e Matech, o Campeonato Super GT reiniciou. Serão duas categorias distintas: P (Pagani) e M (Matech).

Guga Freitas venceu a primeira corrida (vídeo a seguir) e terminou em quarto na segunda.

domingo, 21 de abril de 2013

Maratona da Velocidade!!!

sam bird GP2 bahrein (Foto: Glenn Dunbar / GP2)

Fim de semana sensacional pra quem curte a velocidade!

Chegada de cinema na GP2 protagonizado por Sam Bird e Felipe Nasr, que terminou em segundo. O piloto brasileiro tem demonstrado maturidade e personalidade nas corridas e nos bastidores, ao tomar a decisão de trocar a campeã Dams pela Carlin.

Na F1, show da dupla Vettel/Red Bull e da Lotus. Perez e Di Resta andaram bem.
Navarro faturou em dose dupla no Brasileiro de Marcas enquanto outros protagonizavam barbeiragens no perigoso traçado de Brasília.

motogp marc marquez testes em Sepang (Foto: Agência Getty Images)

A MotoGP foi de tirar o fôlego em todas as categorias e marcou a vitória de um jovem espanhol. Aliás o piloto mais jovem da história a conquistar a primeira vitória na categoria máxima: Marc Marquéz. Ele derrotou ninguém menos que o legendário Dani Pedrosa.

Takuma Sato vitória Indy Palm Beach (Foto: AP)

Na Indy, Sato faturou o GP de Long Beach. Corrida perfeita. Os líderes do campeonato cometeram erros e  ficaram fora da disputa pelas primeiras posições. Castroneves vem para São Paulo como líder. Um título fecharia com chave de ouro a carreira do Helinho. Apesar de esbanjar garra e da experiência, a idade da aposentadoria se aproxima. Foi uma ótima corrida.

Na Nascar, O Ky. Busch ganhou quando não valia, na Truck Series, e abandonou na Sprint. Aliás, na Truck, esqueceram de avisar o Paludo e o seu companheiro que eles defendiam o mesmo time. Resultado: acidente com Paludo fora e a perda de rendimento que tirou a equipe da disputa de uma vitória que parecia certa.

Foi possível conhecer V8 australiana, a Rolex Sports Car Series, FIA GT...

Uma verdadeira maratona.

Que venham outras!

F1 Barhein: The man to beat

sebastian vettel RBR gp do Bahrein (Foto: Agência Getty Images)


Understandably the jingoism surrounding the only Brazilian representative in the category. Due to the long fast of more than two decades, the defeat suffered in 2008 and the hardships of the shadow of Schummy Barrichello, one can forgive the exaggerated comments of the national media. After all, it does not occur only in Brazil.
But there is an exaggeration to exalt Ferrari and especially Alonso as the best driver in F1, ignoring the fact that Vettel is already three titles, despite his youth and the fact that the category is capped by low depending on the characteristics of tires . According to Pirelli own, under normal conditions, the fireballs Red Bull are about 2s faster than competitors. Questions, seek experts.
Today's race showed again the pair to beat, although the Pirelli are Vettel and his Red Bull.
Alonso is a great driver, but it is distinct generations. It's like comparing Schummy with Senna, for example.
In motorsport prevails the whole car / driver. The moment is Vettel. He deserves!





F1 Barhein: O homem a ser batido

sebastian vettel RBR gp do Bahrein (Foto: Agência Getty Images)

É compreensível o ufanismo em torno do único representante brasileiro na categoria. Em função do longo jejum de mais de duas décadas, da sofrida derrota em 2008 e das agruras de Barrichello à sombra de Schummy, pode-se relevar os exagerados comentários da mídia nacional. Afinal, isso não ocorre somente no Brasil.
Mas, há um exagero em exaltar a Ferrari e, principalmente, Alonso como o melhor piloto da F1, ignorando o fato de que Vettel já é tricampeão, apesar de sua juventude e do fato da categoria estar nivelada por baixo em função das características dos pneus. Segundo a própria Pirelli, em condições normais, os bólidos da Red Bull são cerca de 2s mais rápidos do que os concorrentes. Dúvidas, procurem os especialistas.
A corrida de hoje mostrou, mais uma vez, que a dupla a ser batida, apesar da Pirelli, são Vettel e a sua Red Bull.
Alonso é um grande piloto, mas, trata-se de gerações distintas. É como comparar Schummy com Senna, por exemplo.
No automobilismo vale o conjunto carro/piloto. O momento é de Vettel. Ele merece!

sexta-feira, 8 de março de 2013

Super GT Curitiba


Guga Freitas, representante brasileiro na categoria Super GT, vence a rodada dupla inaugural realizada em Curitiba. Partindo da 10ª posição na corrida 1, conquistou cinco posições logo na 1ª volta. Acompanhando os primeiros colocados com uma atuação discreta, aproveitou-se da presença dos retardatários para assumir a liderança ao final prova. Uma vitória inesperada e histórica. A primeira da categoria.


Na corrida 2, grid invertido. Partindo de 8º, caiu para 11º. Porém, ainda nas primeiras voltas, imprimiu um ritmo de recuperação excepcional, chegando à liderança com uma boa margem em relação ao 2º colocado. Entretanto, o desgaste imposto pelo ritmo aos pneus teve o seu preço quando, na penúltima volta, Guga perdeu o controle de seu bólido no "esse" de alta e na "curva da vitória", anulando sua vantagem e, por pouco, não cedeu a liderança. O suspense persistiu durante a última volta. A vitória do brasileiro deu-se por uma margem mínima. Festa dupla e a liderança absoluta no campeonato.




A próxima etapa será disputada em Mid-Ohio (EUA).

domingo, 16 de dezembro de 2012

Brasil - Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.




Brasil, oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e população, com mais de 192 milhões de habitantes. É o único país falante da língua portuguesa na América e o maior país lusófono do mundo, além de ser uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas do planeta, resultado da forte imigração vinda de muitos países. Delimitado pelo oceano Atlântico a leste, o Brasil tem um litoral de 7 491 km. É limitado a norte pela Venezuela, Guiana, Suriname e pelo departamento ultramarino francês da Guiana Francesa; a noroeste pela Colômbia; a oeste pela Bolívia e Peru; a sudoeste pela Argentina e Paraguai e ao sul pelo Uruguai. Vários arquipélagos formam parte do território brasileiro, como Fernando de Noronha, Atol das Rocas, Arquipélago de São Pedro e São Paulo e Trindade e Martim Vaz. O país faz fronteira com todos os outros países sul-americanos, exceto Equador e Chile.
O Brasil foi descoberto pelos europeus em 1500, por uma expedição portuguesa liderada por Pedro Álvares Cabral. O território que hoje é chamado de brasileiro, até então habitado por indígenas, a partir daí torna-se uma colônia do império ultramarino português. Em 1815 se torna um reino unido com Portugal. O vínculo colonial foi, de fato, quebrado em 1808, quando a capital do reino foi transferida de Lisboa para o Rio de Janeiro, depois de as tropas francesas comandadas por Napoleão Bonaparte invadirem Portugal. A independência do Brasil, proclamada por Dom Pedro I — o primeiro imperador do Brasil —, se deu em 1822. Inicialmente independente como Império do Brasil, período no qual foi uma monarquia constitucional parlamentarista, o país se tornou uma república em 1889, com um golpe militar chefiado pelo marechal Deodoro da Fonseca — o primeiro presidente do Brasil —, embora a legislatura bicameral, agora chamada de congresso nacional, remonte à ratificação da primeira constituição, em 1824. A sua constituição atual, formulada em 1988, define o Brasil como uma república federativa presidencialista, formada pela união do Distrito Federal, dos 26 estados e dos 5 565 municípios.
A economia brasileira é a maior da América Latina e do Hemisfério Sul, a sexta maior do mundo por PIB nominal e a sétima maior por paridade do poder de compra (PPC). Reformas econômicas deram ao país novo reconhecimento internacional, seja em âmbito regional ou global. O país é membro fundador da Organização das Nações Unidas (ONU), G20,Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), União Latina, Organização dos Estados Americanos (OEA), Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), Mercado Comum do Sul (Mercosul) e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), além de ser um dos países Bric. O Brasil também é o lar de uma diversidade de animais selvagens, ambientes naturais e de vastos recursos naturais em uma grande variedade de habitats protegidos.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Giro automobile!


The Belgian Grand Prix F1 was quite busy. Meanwhile, oblivious to accidents and close races the start of the race, Button paraded with his McLaren, winning and breaking the fast from the Australian Grand Prix. Think the title is a distant dream, but the team came back strong from vacation. Apparently, should play wins in the remaining steps of the league and may be the balance in dispute between Alonso and Red Bull. Indeed, Vettel made an exceptional proof, given the limitations of the Renault engine and the shenanigans of the FIA ​​to prevent the development of the car in favor of Ferrari. The dispute must be the same between the two: Alonso and Vettel.


The punishment given to Grosjean was too lenient, given the severity of the incident caused. The Irvine in 1994 was punished by three GPs for causing a serious accident with Ligier and Benetton (now Renault). Come cheap.


In return, Raikkonen, 3rd place, gave his show to make a beautiful maneuver to overcome the multi-champion Schummy. A show of courage, skill and strategy. Lack of a car to tip him. Otherwise, it would favoritíssimo in the title race. Without wins, the situation becomes increasingly difficult.


The Williams, who started the season well, proving that its biggest limitation was the weak Cosworth, paid by the choice of inexperienced pilots occupying their cockpits. Besides the victory and good starting positions, Maldonado collects grotesque accidents and errors. Senna shows consistency and competitiveness in races, but has shown a denial in qualifying. The team loses, so the big chance for redemption in the category, leaving only the front of the grid and nanicas weak Toro Rosso that since its independence in 2009, did not hit any project. In summary, better than the 2011 season, however, decay by assuming the posture of the auction cockpits certainly culminate with the end of the racing team soon.



A bridge between the F1 and Indy. Rubens Barrichello still dreams of a return, talking nonsense and begging for a place in a cockpit. Verge on the ridiculous. And, worse, walking badmouthing the category American, trying to justify any failure. Become a will, thus, unsympathetic with fans of Indy, by their statements and can be held there. Best one in the hand than two in the bush. One thing is certain: The F1 does not think of Rubens and do not want it there anymore. Unless he (Rubens) is bluffing and has a card sleeve.


Incidentally the end of Indy promises. Power faltered by allowing dangerous approach Hunter Ray in Baltimore. As he is not yet in oval mister, can lose the title in Fontana, stage of foreclosure. Must.
 

A parenthesis to Nascar. Piquet Jr. makes history in the most popular category of motorsport U.S.. It was the first Brazilian to win a Nationwide race at Watkins Glen and toasted the birthday of his father, none other than the triple champion of F1, Nelson Piquet, becoming the first Brazilian to win a Truck Series race in Michigan. Thanks Nelson! Which one? Now the two!








Giro Automobilístico!


O GP da Bélgica de F1 foi bastante movimentado. Entretanto, alheio aos acidentes e disputas acirradas do início da corrida, Button desfilou com a sua McLaren, vencendo e quebrando o jejum desde GP da Austrália. Pensar em título é um sonho distante, mas, o time voltou forte das férias. Ao que parece, deve disputar vitórias nas etapas restantes do campeonato e pode ser o fiel da balança na disputa entre Alonso e as Red Bull. Aliás, Vettel fez uma prova excepcional, dada as limitações do motor Renault e as falcatruas da FIA para impedir o desenvolvimento do carro, em prol da Ferrari. A disputa deve mesmo ficar entre os dois: Alonso e Vettel.


A punição dada a Grosjean foi muito branda, haja vista a gravidade do incidente provocado. O Irvine em 1994 foi punido por três GPs por provocar um grave acidente com uma Ligier e uma Benetton (atual Renault). Saiu barato.


Em compensação, Raikkonen, 3º colocado, deu o seu show ao efetuar uma bela manobra para ultrapassar o multi-campeão Schummy. Um espetáculo de coragem, perícia e estratégia. Falta um carro de ponta para ele. Do contrário, seria favoritíssimo na briga pelo título. Sem vitórias, a situação fica cada vez mais difícil.


As Williams, que começou bem a temporada, provando que sua maior limitação era o fraco Cosworth, paga pela escolha de pilotos inexperientes ocupando seus cockpits. Além da vitória e boas posições de largada, Maldonado coleciona acidentes e erros grotescos. Senna mostra consistência e competitividade nas corridas, mas, tem-se mostrado uma negação na qualificação. A equipe perde, assim, a grande chance de redenção na categoria, ficando apenas a frente das nanicas do grid e da fraca Toro Rosso que, desde a sua independência em 2009, não acertou nenhum projeto. Em Resumo, melhor que temporada de 2011, porém, a decadência por assumir a postura de leiloar os cockpits, certamente, culminará com o fim da escuderia em breve.


Uma ponte entre a F1 e a Indy. Rubens Barrichello ainda sonha com um possível retorno, falando bobagens e mendigando vaga em um cockpit. Beira o ridículo. E, pior, anda falando mal da categoria americana, tentando justificar um eventual fracasso. Tornar-se-á, dessa maneira, antipático junto aos fãs da Indy, por suas declarações e pode ficar lugar por lá. Melhor um na mão do que dois voando. Uma coisa é certa: A F1 não pensa em Rubinho e não o quer mais por lá. A menos que ele (Rubens) esteja blefando e tenha uma carta manga.


Aliás a final da Indy promete. Power vacilou ao permitir a aproximação perigosa Hunter Ray em Baltimore. Como ele ainda não é mister nos ovais, pode até perder o título em Fontana, etapa de encerramento. Imperdível.
 

Um parêntese para a Nascar. Piquet Jr. faz história na categoria mais popular do automobilismo norte-americano. Foi o primeiro brasileiro a vencer uma prova da Nationwide em Watkins Glen e brindou o aniversário de seu pai, ninguém menos do que o tricampeão da F1, Nelson Piquet, tornando-se o primeiro brasileiro a vencer uma prova da Truck Series em Michigan. Valeu Nelson! Qual deles? Ora, os dois!